Fashion Rio Out/Inv 2012 – Dia 01

Eu tardo, mas não falho! Após mais uma entediante temporada de Fashion Rio, quem realmente se destacou foi a Gloria Kalil. Nunca fui grande fã dela, mas agora sou! Ela conseguiu em um video, com toda a sua chiqueza, falar tudo o que eu penso, e falo pras pessoas há uns 3 anos e todo mundo sempre me olhou de cara feia… Afinal, quem sou eu pra falar de um dos eventos de moda mais importantes do país? Eu sou Camila Maciel, cacete! E espero que depois dessa, vocês se convençam que quando esse é o asssunto, eu sei o que falo! Ok, nem sempre, mas pelo menos dessa vez eu tinha razão!

Como to bem atrasadinha, resolvi eleger apenas um dos desfiles de cada dia pra esmiuçar, postar aqui no blog o vídeo e algumas fotos. Pra falar a verdade, como ao assistir os desfiles eu me peguei várias vezes pensando “meu Deus, que coisa chata!” ou “Porque não acaba logo?”, a dificuldade foi eleger o menos massante/óbvio/repeteco, sad but true … Os outros desfiles estarão disponíveis na página do face e do twitter (sim, becausenweareaddictedattwitter).

E o eleito do dia 01 fooooiii: tan tan tan taaan – Alexandre Herchcovitch!

Antes de falar qualquer coisa sobre o desfile dele de outono/inverno, preciso fazer uma pergunta: Aonde foi parar toda a criatividade do Herchcovitch? Alguém viu por aí?

Depois de anos desfilando em SP, o estilista veio apresentar suas caveiras na Cidade Maravilhosa. O que mais me chamou atenção, por mais incrível que pareça, foi o skate e sua “mochila”. Achei lindo de morrer! Talvez porque eu esteja querendo muito aprender a andar de skate, mas sei lá, amei! A bolsa “saco de pão” dele (que todo mundo já viu em todos os desfiles e já entendeu que vai dominar as vitrines da próxima estação) tava bem bonita! Gostei bastante das luvinhas de couro que ele apresentou também! Fechando a página acessórios, curti muito o rayban azulão que ele apresentou na passarela!

Como já disse minha mais nova ídola  Glória Kalil, não houve nenhuma inovação na modelagem e eu diria que também não houve na cartela de cores, nem estamparia. Mesmo não tendo uma boa relação com jeans, gostei da primeira parte do desfile, que ele apresentou looks totais nesse material, com a lavagem ‘blue jeans” e de um vestido/sobretudo que me pareceu também de jeans, mas esse veio na cor camelo. Achei a estampa camuflada nada de mais, com cores de sempre, e a já batida caveira, que marcou fortíssima presença no desfile, veio em diversos tamanhos e em diversos materiais. Hechcovetes se preparem, pois pro fundador da marca, o cabelo do inverno virá no maior estilo blackpower!

Observação pertinente: apesar de tudo, ele continua uma figura! Ri alto quando o vi entrando no meio dos modelos, com aquela barba de Jesus Cristo!

Croc.croc.crocs

Sou só eu ou mais alguém aí não consegue entender o sucesso dos sapatinhos de plástico?

Já tem um tempo, não sei dizer quanto, que vejo essa modinha se espalhar pela cidade, sem na verdade entender porque! O discurso de todos é sempre o mesmo: muito confortável!

Mas cara, tudo tem um limite né? Não consigo olhar praqueles pares emborrachados em qualquer uma das cores (e olha que são muitas!) sem lembrar de sapatos ortopédicos… Fora que com o calor que faz nessa cidade, eu sinceramente não consigo acreditar que eles não se tornem extremamente desconfortáveis, como as melissas, que todas nós já tivemos e sabemos o quanto elas eram incômodas e machucavam por causa do calor!

Aparentemente não tem muitas pessoas que concordam comigo. Segundo o site da empresa, eles já venderam mais de 100 milhões de pares!! Sim, EU DISSE 100 MILHÕES!!! Andei lendo nas minhas pesquisas que inicialmente ele foi desenvolvido como um “sapato de spa”, ou seja, realmente não houve uma grande preocupação estética no seu desenvolvimento. Muita gente fala pra mim “ah mas olha, em crianças fica tããão bonitinhoo…”. Cara, bonitinho não fica, mas ok. O que eu realmente não consigo entender são os milhões de adultos que saem por aí munidos de seus “spa shoes” nas mais diversas situações, que vão desde um passeio  diurno do ex presidente Bush, até uma festa de gala, como a Brooke Shields (combinado com a cor do vestido)!!!!

Hoje eles fazem bem mais do que o inicial; expandiram pra botas, sapatilhas, chinelos, e por aí vai …

Quer o mistério seja resolvido ou não, dizem as más línguas que a empresa faturou mais de 1 bilhão de dólares no ano passado!

Fato curioso: existe um blog de repudio a empresa!!

Look da semana

Então, acho muito legal essa galera que blogga postando looks.

Como eu agora estou super afim de manter meu espacinho sempre atualizado vou lançar uma nova sessão: Look da Semana. Porque 1 só por semana? Eu ainda não sou exatamente uma expert no assunto auto-fotografar a produção + tratar a foto, então enquanto o meu ritmo ainda é lento, vai ser 1 a cada semana!

Esse look é decididamente pro dia, um encontro com amigas, coisa e tal … Sem esquecer que eu moro no Rio de Janeiro, né galera? Sol, calor e etc … Qualquer inspiração só serve pra um dia quente! A foto foi tirada quando eu tava indo pra um churrasco de aniversario na casa de uma amiga.

Coisa simples, sem muito mistério:

– Vestido branco Zara

– Sobreposição Osklen

– Coturno Zara

– Lenço Farm

Pra mim, pra uma produção ficar bacana, o segredo é fazer misturas inusitadas! Fugir do óbvio é necessidade! O lenço de tecido acetinado e a sobreposição de tule, que são as peças leves contrastam com o coturno pesadão!! Sacaram?

Máximo silêncio em Paris

Voltando a ativa depois de muito tempo sem blogar… Mil desculpas pelo sumiço, muitos acontecimentos nos últimos meses, mas to de volta!
Pra quem mora no Rio de Janeiro vou dar uma dica: na Praça Paris, na Glória, está rolando desde o dia 27 a exposição da instalação ao ar livre do artista italiano Giancarlo Neri. São 9 mil bolinhas com luminosas, que acendem em diferentes cores e intensidades!! Depois de ter passado por Madri, Roma e Dubai, a obra veio colorir ainda mais a Cidade Maravilhosa! Cheguei lá hoje por volta das 19:30 e ainda estava bem claro. Mesmo sendo carioca e vivido sempre aqui, nunca tinha ido nessa praça e preciso dizer que foi lindíssimo ver a tarde acabar naquele lugar super bem cuidado e a luz do dia ser trocada pelo colorido dos globos.

Essa ninguém pode perder, hein!? As bolinhas mágicas ficaram expostas até o dia 5 de fevereiro de 2012.

Image

 

shoeshoeshoesss

No mês passada comecei a trabalhar em uma marca que eu sou completamente fã, mas NUNCA tinha parado pra reparar nos acessórios deles … Mas especificamente, os sapatos e bolsas … Ok, eu tenho meu par de botas incríveis e uma mochila que é guardada praticamente com aquele aviso de “cuidado frágil” de la … Mas mesmo assim, meus olhos sempre brilharam pelas roupas deles.

Foi entrar lá, para uma (uma não, duas!) novas paixões nascerem em mim. Hoje vou falar dos sapatos. Já era de suspeitar que esse poderia facilmente virar um assunto de rotina por aqui, já que já escrevi um post só sobre galochas e outro sobre as ankle boots da Miu Miu. Talvez só eu não tivesse vendo o que vinha por aí …

A primeira da lista de hoje é a queridinha das descoladas, Charlotte Delal.

A estilista filha de um inglês e uma brasileira, fundou sua marca em 2006, e tem como marcas registradas de suas criações os saltos gigas, a meia pata, e uma teia de aranha dourada na sola. Eu sinceramente, gostava mais dos sapatos dela do início da carreira, como esse de banana. Agora to achando até meio caretinha, mas todas as atrizes, it-girls (seja lá o que isso for) e etc de hoje, tem o seu par de teias de aranha no armário.

Da minha visita diária ao site da colette (alguém me explica o que é aquela rádio? ficadica!), separei alguns modelos que me agradaram. Nem vamos falar de cifra, pra chegarmos vivas ao fim do ano! La a gente encontre Yves Saint Laurent, a já citada Charlotte, Giuseppe Zanotti, Mcqueen, Alaia, Gareth Pugh e por aí vai … Já deu pra sentir o clima né !?

Já há algum tempo que acesso frequentemente um site que tem como slogan “to rid the world of ugly shoes one pair at a time”, o Solestruck.

Eu amoamoamoamo a seleção deles!

Por mais que as pessoas tentem me convencer do contrário, ninguém tira da minha cabeça que Jeffrey Campbell RULES !!!!!!

Meu sonho ter um por dia pra sair pra qualquer lugar, eu disse qualquer mesmo!!!!!! De dia, de noite, de tardinha, pra trabalhar, pro café, ou pra noite, eu quero!!!! Ele também tem  a sua versão do sapato-banana, mas a versão dele foi mais a fundo na inspiração Carmem Miranda. Lindo de-mais. Só pra constar, se alguém quiser me dar um de presente de Natal (tá batendo na porta hein gente, eu fui uma boa menina esse ano!), mesmo sendo difícil escolher, opto primeiro pelo basiquinho modelo Lita preto!

Sites:

http://www.charlotteolympia.com/

http://www.colette.fr/

http://www.solestruck.com/

A3+

Na 5ª feira da semana passada eu fui na estréia da Expo A3+, no Galpão das Artes Urbanas da Comlurb, uma amostra coletiva, que reuniu 25 artistas para expor trabalhos com um tema em comum: a “digitalidade”. Como assim ? Eles tinham que apresentar trabalhos que independente da técnica artesanal usada, ela tinha que ser associada a pelo menos um toque digital!! Eu amei, pois acho essa mistura entre o real e o virtual muita rica nas artes plásticas!! Os trabalhos estavam super colorido na maioria das vezes, mas tinham também os apresentados em P&B que não deixaram nada a desejar !

Todos os posters estavam expostos no interior do lugar, no tamanho 80X60. Do lado de fora tinha algumas intervenções e projeções bem legais também!

A A3+ é composta por artistas de diferentes áreas como designers, graffiteiros, e ilustradores!!  Criatividade e arte pra todo gosto!!!

O coletivo é formado por eles: Mack, Motta, JBatista, Vagner Donasc, Wilbor, Bvs, Big, Mga, Artur kjá, kajaman, Danilo, Mateu Velasco, Duda, Doria, Combo, Bobi, Bunys, Ment, Benguele, Rafo, Uzai, Graphis, Denne, Villas e Fernando de la Roque.

Mesmo pra quem não gosta muito, a expo é curtinha e muito divertida (colorida), então sem desculpas porque é na frente da PUC: Galpão das Artes Urbanas Hélio G. Pellegrino – Padre Leonel Franca, s/nº – Gávea – Rio de Janeiro

E depois, quem amar, pode comprar todos os posters aqui ó: http://www.visualcollection.com.br/loja/posters.html

 

E pra quem quiser ver mais dos 3 fofonildos preferidos:

http://www.flickr.com/photos/ilustradoria

http://mateuvelasco.com/

http://www.flickr.com/photos/dudaguima/

 

Why so serious? parte 3: galochas

Pra fechar a série as não menos importantes botas de chuva!!

Ja amigas da galera, as botas de chuva sao item de primeira necessidade nos dias de chuva torrencial que presenciamos com certa frequencia.

Ha uns 2 anos, as galochas viraram modinha aqui no Brasil e graças a isso, ja achamos no mercado uma enorme variedade delas!! Tem de todas as cores, todos os tamanhos, pra todos os gostos! Pra quem costuma viajar pra fora, as grandes marcas, como Burberry e Marc Jacobs ja fizeram suas versões e obvio, viraram sonho de consumo!

Elas são ótimas, pois com bom senso, podem transformar uma produção careta em outra super divertida, sem deixar de lado a praticidade e o conforto dos pés sequinhos !!

Eu por enquanto só tenho um par do xadrez classico da Burberry e com ele não tem erro! Mesmo assim, fiquei louca com esse rosa do marc by marc jacobs!!

Gente, nao esquece, eu calço 36!!!!!

Why so serious? parte 2: capa de chuva

Voce pensou naquele saco de plastico que o camelô vende na porta dos shows !?

ZERO pra voce !

Capa de chuva é um item essencial no guarda roupa de qualquer pessoa que vive num país tropical!!! Vamos combinar que poucas sensações são tão gostosas, tão livres quanto a de um bom banho de chuva!!! Mas quando voce não ta podendo, não tem porque se molhar !!!!

Ja existem um milhão de opções de capas pra todos os gostos e longe de ser aquela figura que eu descrevi la em cima!! Eu por exemplo tenho duas, uma muito fofa, azul de bolinhas brancas com capuz que eu comprei na Zara Kids, um amor! A outra é mais chiquética, vermelha, da Osklen. Essa é uma das minhas peças xodó. Essa capa é grandona e mais “pesada”, impermeável a agua e ao vento, fecha tipo trench, mas ela se divide em 2, dando origem a um novo casaco curtinho e uma saia evase, e ainda tem uma gola alta que é removível!! Tipo incrível … Alias, passei la essa semana e vi um modelo branco de um tecido bem fininho e levinho, também repelente a agua, que tem tipo um envelope na parte interior, pra voce dobrar a peça toda e guardar dentro da bolsa. Mais prático do que isso, só 2 disso …

La fora capa de chuva é uma coisa super comum!!! Todas as grandes marcas tem as suas versões resistentes a agua!

Enfim, esse papo de “quem tá na chuva é pra se molhar” já era! Só se molha quem quer!!!

Why so serious? parte 1: guarda-chuva

Estes dias chuvosos no Rio de Janeiro me trouxeram uma triste constatação: a falta de criatividade do carioca.

Por que todo mundo acha que chuva é sinônimo de casaco preto + tênis + guarda-chuva preto ?

Esse tema vai gerar uma série de posts, que vai começar hoje com guarda-chuvas!

Por que o medo da cor no guarda-chuva ? O pensamento é que ele seja mais um acessório da sua produção. Pode ter vários sim! Eu tenho um que é tipo um arco-íris, gigante que nem uma barraca de sol. As vezes é difícil combinar mesmo ele, ainda mais que eu costuma andar com muita informação … As vezes, quando a chuva é fininha, adimito que fico com preguiça de ter que carregar ele pendurado no braço durante o dia todo por causa de uma garoadinha chata ! Pra solucionar o caso comprei um outro ultra-mini, de alumínio, tão leve que parece uma pluma na bolsa, amarelo!

Fiz uma pesquisa e achei um mais lindo do que o outro!

Tem uns bem curiosos, tipo um que é de cortiça, um outro inflável, um que tem uma lâmpada por dentro e o mais diferente de todos é um bastão que expele ar, pra que ele impeça a chuva de cair na pessoa que está segurando o bastão !!!

Inspirem-se!!

Ankle boots Miu Miu

Um pouco cansada de ouvir/ler todo mundo só falando bem do sapatos da Miu Miu, resolvi escrever esse post.

O novo hit do momento é a peep toe de glitter e couro da minha adorada Miuccia Prada. Ta todo mundo por aí desesperado pra ter a sua! Parece que assim que lançadas, esgotaram e já têm listas de espera quilométrica!! Quem se apaixonar por elas, ainda pode ir no Net-a-Porter e encontrar algumas opções de cores por módicos U$890,00 (EU DISSE OITOCENTOS E NOVENTA DÓLARES, vulgos MIL QUINHENTOS E SESSENTA REAIS – sem frete incluso).

O mundo viu Anna Dello Russo com uma e quis usar.  Vou te dizer que nem nesse look dela que aparece aqui embaixo eu amei …Tem que ter um puta senso pra usar estes sapatitos, porque pra ser tagueada como cafona não precisa de muito esforço … E digo mais, a única variante que eu gostei é a com as tiras em glitter prata e o corpitcho preto …

Pras pessoas humildes como eu, sempre existem as chamadas releituras (cof cof) da TopShop.

Talvez porque eu esteja numa onda meio Jeffrey Campbell ultimamente, eu gostei muito mais  da releitura (cof) do que da original!!! (Essa sim, se alguém quiser me mandar de presente, eu calço 36 aqui no Brasil tá !!!) E o preço também é beeeeem mais atrativo, L$80,00 !!!! E fala sério, ninguém engoliu o trompe l’oeil e achou realmente que rolava uma meinha por dentro das sandálias né Miuccia ….

Bom, continuando o assunto “sapatos miu miu”, o que eu vi no Net-A-Porter foi um tanto quanto assustador.

De todos os modelos que tem disponíveis o único que eu gostei de verdade foi um pump de gliter dourado com biqueira e salto de couro peludinho preto (U$650,00)

Tem um outro modelo, com certeza polêmico, que me agradou mais num eu-lírico muito específico. A pessoa tem que ter 1 metro e meio de perna, ser nórdica, esquálida, sem falar que tem que ter muito estilo. Sem mais mistérios, estou falando da bota de couro e pelos longos pretos (não me matem, eu nasci no corpo errado!!!), que custa apenas U$750,00. Eu gostaria de apelida-las carinhosamente de “primo it” !

Fora isso, o que eu vi foi uma grande agressão aos meus olhos ! Um monte de bicos finos com altos médios tenebrosos, em cores ainda mais assustadoras! Que tiver coragem, que se atreva e vá no site procurar …….